Dicas turísticas

Bondinho do Pão de Açúcar – Um marco do Rio


O Bondinho do Pão de Açúcar é considerado um dos mais belos pontos turísticos do Rio de Janeiro e um dos mais famosos do Brasil. Ele é um marco natural, geológico, histórico e turístico da cidade. É ponto referencial para os navegadores que estão na Baía de Guanabara, além de ser um sítio geológico com dados da história do planeta.

Aos pés dele, Estácio de Sá, em 1º de março de 1565, fundou a Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro. A inauguração do teleférico do Pão de Açúcar, em 1912, projetou o nome do Brasil no mundo por ser o primeiro teleférico instalado no país e o terceiro no mundo.

A origem do nome “Pão de Açúcar”

Diferentes histórias justificam o nome desse ponto turístico. A mais popular destaca que, entre os séculos XVI e XVIII, no auge da produção de cana de açúcar, os produtores armazenavam os blocos de açúcar em formas para serem exportados. A semelhança do objeto com o Morro do Pão do Açúcar deu origem ao nome.

Para ir até o Morro do Pão de Açúcar, os visitantes podem pegar o primeiro bonde na Praia Vermelha, em direção ao morro da Urca. Nessa primeira parada, há vários restaurantes e bares para fazer um pit stop para comer e beber alguma coisinha. De lá existe um segundo bondinho até o topo do morro do Pão de Açúcar, que fica a 396 metros do nível do mar.

Essa é a vista maravilhosa que se tem do alto do morro do pão de açúcar.

Do alto dos dois morros se descortina uma paisagem deslumbrante, incluindo a enseada de Botafogo, a orla de Copacabana e a entrada da Baía de Guanabara. No verão, o anfiteatro no Morro da Urca é palco para shows e eventos noturnos.

Crianças e jovens de 6 a 21 anos, estudantes, idosos e portadores de necessidades especiais têm direito a desconto de 50%. Crianças menores de 6 anos não pagam.

Um local de encantamento, lazer e entretenimento!



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *