Cultura

Passeio Marítimo pela Baía de Guanabara


Passeio marítimo pela baía de guanabara

A Marinha do Brasil é a responsável pela realização do passeio marítimo pela Baía de Guanabara, que passa pelos principais pontos turísticos e históricos do Rio. O roteiro, que tem duração aproximada de 1h25, passa por cartões postais da cidade como Pão de Açúcar Aterro do Flamengo. Um guia de turístico fica responsável por apresentar os lugares e as curiosidades e histórias, aos visitantes.

O passeio se começa no Espaço Cultural da Marinha (ECM). No local, os visitantes podem ter acesso as seguintes atrações: Galeota Real D. João VI, Submarino-Museu Riachuelo, Navio-Museu Bauru e Helicóptero-Museu Rei do Mar.

Depois disso, a embarcação passa pela Estação das Barcas, na Praça XV, que liga a cidade do Rio de Janeiro a Niterói, a Paquetá e à Ilha do Governador. Ela foi inaugurada em 1906, mas o transporte regular aquaviário na Baía de Guanabara foi iniciado em 1835, com botes, faluas e saveiros, impulsionados por escravos.

Algumas paradas depois, os visitantes chegam em um dos mais famosos cartões-postais da cidade do Rio de Janeiro, o Pão de Açúcar. Do local é possível ter uma visão deslumbrante da Baía de Guanabara, Niterói, praias do Leme e Copacabana e Morro do Corcovado.

MAC visto da Baía de Guanabara
MAC visto da Baía de Guanabara.

Museu de Arte Contemporânea (MAC), em Niterói, também faz parte do roteiro.  Projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, o MAC foi inaugurado, em 1996, no Mirante da Boa Viagem. Local privilegiado que se debruça sobre as águas da Baía de Guanabara, o museu leva o olhar do visitante até o outro lado, onde estão o Corcovado e o Pão de Açúcar.

Roteiro completo do passeio marítimo pela Baía de Guanabara

Roteiro completo do passeio marítimo pela Baía de Guanabara
Roteiro completo do passeio marítimo pela Baía de Guanabara: 1-Espaço Cultural da Marinha; 2-Estação das Barcas Rio–Niterói; 3- Aeroporto Santos-Dumont; 4- Escola Naval; 5- Aterro do Flamengo; 6- Pão de Açúcar; 7- Fortaleza de São João; 8- Ilha da Laje; 9- Fortaleza de Santa Cruz; 10- Museu de Arte Contemporânea; 11- Ilha da Boa Viagem; 12- Niterói; 13- Diretoria de Hidrografia e Navegação (DHN); 14- Ponte Rio–Niterói; 15- Ilha das Enxadas; 16- Ilha Fiscal; 17- Ilha das Cobras

O roteiro completo inclui também o Museu do Amanhã, Aeroporto Santos Dumont, Escola Naval, Aterro do Flamengo, Fortaleza de São João, Ilha da Laje, Fortaleza de Santa Cruz, Ilha da Boa Viagem, Niterói, Diretoria de Hidrografia e Navegação, Ponte Rio-Niterói, Ilha das Cobras e Ilha Fiscal.

A visita termina no Arsenal de Marinha, que atualmente, possui capacitação para construir e reparar meios navais com elevado padrão de qualidade, podendo ser comparado com os maiores estaleiros militares do mundo.

Devido à Covid-19, foram tomadas todas as medidas necessárias para que a realização das visitas aconteça de forma segura e sem aglomeração. O Espaço Cultural da Marinha (ECM) e as embarcações foram equipados com termômetro para aferição de temperatura, tapete sanitizante para desinfecção dos calçados, lixeira para descarte de insumos infectantes e totem de álcool em gel, acionado com o pé ou alavanca, importante para cadeirante e criança. Além disso, os visitantes tem a sua temperatura aferida na entrada do ECM.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *